Tunísia

Dados Estatísticos

 
Capital:Tunis
Idioma: Arabe e Francês
Moeda: Dinar tunisiano

Precisa visto para brasileiros: NAO

Quantas vezes eu fui : 1

O Que Achei da Viagem Maravillhosa! um país a ser visitado muitas vezes! Gastronomia maravilhosa, cultura muito rica, povo simpático!

4.3/5

O Que Mais Vale a Pena

A Tunísia é rica no artesanato, vale a pena fazer um tour saindo de Tunis . Fomos direto a Monastir, onde visitamos oJem Coliseu o segundo maior após o coliseu de Roma. Visita a Djerba onde se ruza de ferry boat e é possível visitar um vilarejo trogloditas. Pessoas que mantém seus costumes ancestrais. Em Douz fizemos um passeio no deserto com direito a andar de camelo e depois a cavalo, onde fui surpreendida por um Tuareg que montou no meu cavalo e saímos em disparada subindo e descendo dunas em uma cavalgada veloz e depois retornamos ao grupo. O Tuareg azul como sua roupa escura desapareceu em meio ao deserto deixando uma lembrança maravilhosa e a oportunidade de ter cavalgado em alta velocidade pelas dunas rosadas do deserto do Saara! Tozeur uma região de desertos e o lago salgado Chott El Jerid onde tivemos a oportunidade de vivenciar o fenômeno da miragem. O oásis é fantástico , uma água cristalina entre palmeiras de tâmaras em grande quantidade ! O contraste do verde das tamareiras , o azul do céu e do lago contrastando com as cores rosadas e vermelho-amareladas do deserto é um fenômeno muito belo e interessante .em Monastir ficamos no hotel Kuriat Palace Hotel , muito bom. Região de muita produção de produtos de couro , têm fábricas muito sofisticadas e vendem roupas belíssimas. Hamamet e Sousse são cidades lindas a beira mar com lindos cafés típicos. A Medina de Tunis é muito importante e muito antiga, merece um passeio com bastante tranqüilidade e é muito fácil perder-se entre as ruelas seculares.

Como Foi A Viagem

Cidades visitadas

  • Tunis
  • Hamamet
  • Sfax
  • Djerba
  • Monastir
  • Tozeur
  • Sousse
  • Kebili
  • Douz
  • Matmata

Viagem excelente em que pegamos neve nas montanhas e muito calor no deserto.Foi habitada no período Paleolítico e ainda encontram-se vestígios deste período nas escavações arqueológicas.

Dicas Práticas

Tem alguns resorts ótimos em em Djerba. Vale a  pena fazer um passeio pelo deserto, visitar a mesquita e o mercado municipal.Uma viagem cultural interessante.

TRANSPORTE

E possíval ir de ônibus ou de trem de Tunis para Hammamet. Alugar carro é uma boa opção cerca de 65 km. Estradas boas . Djerba é uma ilha no Mediterrâneo que é um sonho. 

VISTO

Não é necessário até 90 dias de estadia.

ROUPAS

A temperatura muda muito e podemos ter muito frio ,na região montanhosa ou muito calor no litoral.

Calçados confortáveis, tênis .

COMIDA

A comida é a base de legumes, carme de carneiro e muita famílias ainda se alimentam de dromedários. A cozinha muito rica, estilo árabe ,deliciosa.

QUANDO IR

País muito quente no verão e bastante frio no inverno inclusive com neve em áreas mais elevadas. Melhor época para visitar é no período de dezembro a fevereiro, com temperaturas moderadas.

FAZER AMIGOS

Povo de sorriso fácil, receptivos e muito cordiais. 

VIDA NOTURNA

Barzinhos e restaurantes na parte moderna e na região litorana muitos cafés do estilo tradicional árabe; Hammamet e Sfax são regiões muito alegres.

 

PASSEIOS RADICAIS

Passeio pelo deserto de jeep 4×4, é uma bela e divertida opção. Cavalgadas e passeios de camelos pelo deserto.

INDO DO AEROPORTO PARA CIDADE

O aeroporto em Tunis fica a apenas 8 km do centro da a cidade. Taxi leva em torno de 25 minutos, temos  ônibus que funcionam apenas durante o dia. E possível alugar carro facilmente.

CAMBIO

Sempre é bom fazer no aeoporto ou no hotel