Nepal

Dados Estatísticos

 
Capital: Kathmandu
Idioma: Nepalês
Moeda: Rupia nepalesa

Precisa visto para brasileiros: NAO

Quantas vezes eu fui : 2

O Que Achei da Viagem

4.3/5

Gostei tanto que retornei para conhecer melhor este belo país!

O Que Mais Vale a Pena

Kathmandu sem dúvida é uma cidade movimentada com muita gente circulando , muitas lojas , muita gente. Os templos são muito interessantes e devem ser visitados. Agendar um passeio para as montanhas desde a capital. há uma mistura de hinduismo e budismo. São povos altamente religiosos. Muito gentis e amáveis. Vale à pena programar um safári na região de Chitwan. Organizar uma trilha ou uma escalda no Himalaia para os mais intrépidos e desportistas. Pokhara é um dos pontos para sair para o Himalaia .Bhaktapur é uma bela cidade com monumentos incríveis. Infelismente foi das que mais sofreu no últimmo terremoto.

Como Foi A Viagem

Cidades visitadas

  • Kathmandu
  • Bhaktapur
  • Chitwan
  • Pokara

Foi muito interessante viajar com um guia especializado indicando os melhores lugares e dando informações boas históricas . O safári em Chitwan foi ótimo com visita a um centro de treinamento e berçário   recepção de elefantes que sofreram maus tratos ou perderam seus pais . 

Dicas Práticas

Hospedar-se em Kathmandu e dalí sair para os diversos passeios.  Vale à pena agendar alguns com antecedência. Visitar um templo com a cerimônia de cremação é impactante, mas vale à pena conhecer. Vacina contra febre amarela é obrigatória. Atenção com os alimentos , a higiene é precária, usar pastilhas desinfetantes para a água, mesmo para escovar os dentes .Evitar se alimentar na rua. Carregar sempre medicação para diarréia , fácil ter uma infecção intestinal. Álcool gel é uma boa opça  de se carregar na bolsa , em todas as viagens.

TRANSPORTE

O trânsito é caótico com muitas motos e carros circulando sem muita ordem. As estradas em geral são ruins , estreitas e não dão vasão ao grande trânsito de caminhões , motos e carros muito carregados de um modo geral. 

VISTO

Pode ser feito online com antecedência ou na chegadano aeroporto pagando uma taxa de 30 a 50 USD. 

É sempre conveniente ter uma foto 3×4  a mais na bolsa.

ROUPAS

Levar agasalhos fortes , em camadas , botas e calçados confortáveis. Ter um bastão de caminhada é interessante.

COMIDA

A base de legumes, frango e arroz. Há mais restaurantes  nas maiores cidades ;frequentar  o restaurante do hotel é preferível . 

QUANDO IR

O inverno é muito pesado e difícil para qualquer atividade. 

FAZER AMIGOS

Muito turismo  jovem , gente alegre e comunicativa!

ACONTECEU COMIGO!

A primeira vez que fui ao Nepal , tomei  um vôo em Nova Delhi  . Eu sabia que estavam havendo conflitos na região mas fui de todo o modo. Peguei um vôo vazio, achei estranho…. um rapaz chegou ao meu lado para perguntar se eu era jornalista e estava indo fazer cobertura no Nepal . Quando eu neguei ele ficou muito admirado e disse que eu era meio doida! Ele tinha razão. Estava acontecendo um problema no governo com estado de sítio . Tudo fechado. Tive que ficar presa no hotel durante três dias sem poder sair , e sem o passaporte .  Pude fazer um sightseeing  entre 5 e 8 horas da manhã antes de partir para o Tibet. Inesquecível!

PASSEIOS RADICAIS

Montanhismo, escaladas, trekings. Há diversos níveis de gravidade para escalar o Himalaia . O Everest é para  os experts! 

INDO DO AEROPORTO PARA CIDADE

É preferível agendar um traslado ou tomar um taxi.

CAMBIO

No aeroporto ou nos hotéis.

2.848 Comentários