França

Dados Estatísticos

 
Capital: Paris
Idioma: Frances
Moeda: Euro
População: 67 milhões

 

Precisa visto para brasileiros: NAO

Quantas vezes eu fui : 16

O Que Achei da Viagem

4.3/5

 

 
 
 

O Que Mais Vale a Pena

Paris : cidade dos desejos! Atividade cultural intensa em todas as areas.  Teatro ,cinemas em profusao,balet. Podemos dar asas a imaginacao e sempre faltara tempo para fazer tudo o que se deseja. Vale a pena fazer um city tour noturno com a cidade iluminada,principalmente agora no final do ano. A France tem uma riqueza infinita! Ja estive mais de dez vezes aqui e nao foi suficiente para cohecer tudo que desejo.Temos as diversas regioes ,vinicolas,castelos, estações esqui .Fica dificil citar todas as areas interessantes.  Giverny:merece uma visita.A Casa de Claude Monet. Saint Michel : merece mais que uma visita: e imperdivel passar uma noite em uma pousada e ver a ilha de ua maneira totalmente diferente. Passar a noite onde Ernest Hemingway costumava dormir,e no minimo excitante! Bordeaux ,no minimo 3 dias visitando vinicolas e vilarejos medievais torna-se um charme. Vale do Loire.. E que tal alugar um barco e descer o Rio Sena  , parando nos vilarejos do caminho e chegar ate a Provence para visitar os Campos de Lavandas???! Vale à pena visitr Strasbourg: Linda cidade, vale caminhar muito para conhece-la, rua de pedestres, a Petite France bairro antigo às margens do rio Il , repleto de cisnes . Visitar o Museu da Alsácia é bem interessante e a Catedral de Notre Dame do século XI , lindíssima! Vale à pena ir de ônibus local de linha a Comar, no sul da Alsácia ,,pequena Veneza; tipo bate/volta. Riquewihr, na rota de vinhos da Alsácia merece uma visita, vilarejo medieval, Selestat outra cidade para fazer degustação de vinhos .

Como Foi A Viagem

Cidades visitadas

  • Paris
  • Nice
  • Saint Michel
  • Strasbourg
  • Marseille
  • Aix en Provence
  • Toulon
  • Toulouse
  • Avignon
  • Lyon
  • Brest
  • Bordeaux

Além das cidades podem ser visitadas regiões , eu já fui para estas:  Provence,Bretanha,Normandia, vale do Loire , Champanhe, Alsacia

Dicas Práticas

Uma boa dica e que serve para qualquer lugar:

Passar no supermercado comprar umas delicias e tomar o desjejum no quarto. Carregar um kit de vinho, rolha,abridor, uma taca inquebrável e comprar uns queijos e fazer um picnic no quarto.Sempre tem aquela noite em que estamos mais cansados e sem vontade de sair.
Esse kit vinho e talheres  estao sempre na minha mala.

TRANSPORTE

Para transporte urbano local recomendo onibus , metro, tramway.Sao super praticos.
Dependendo do tempo que ficarem em cada cidade vale a pena comprar  carnets de 8 dias ou mais.
Para viajar entre cidades vale a pena fazer de trem os grandes trajetos e alugar carro para fazer as estradas regionais.
Por exemplo, me hospedei em Aix en Provence, aluguei um carro d fiz toda regiao da lavanda de carro.Foi maravilhoso ! Um charme visitar pequenas cidades medievais e ver a floracao das lavandas.
Vale a pena também alugar um carro em Brest e fazer a costa da Bretanha e Normandia passeando sem pressa   e visitando pequenos vilarejos.

VISTO

Não é necessário

SUPER DICAS

A última novidade em Paris , inaugurada em 2018 é o FLY VIEW , um sobre vôo virtual  sobre Paris , sobre os principais monumentos de Paris. Pode ser agendado no local ou online. 

www.flyview360.com

A rua 4 de Setembro ,30

Próximo a Opera . Se tiver sorte pode conseguir sair no mesmo momento sem fila de espera.

 

CHAMONIX

Esta charmosa estação de esqui merece uma visita mesmo de quem nao pratica esportes. Uma pequena cidade rodeada por montanhas onde até no verão se pode esquiar. Tem uma intensa atividade turística, com uma incontável quantidade de bares e restaurantes , com uma paisagem de tirar o fôlego. 

Se voce gosta de aventuras pode fazer a caminhada até o cume do Mont Blanc, tendo 2 opções: caminhada de 1 ou 2 dias. Com 2 dias sua chance de chegar ao cume é maior , e também o seu custo. A partir de 450 euros é possível fazer este passeio. Na caminhada de 1 dia voce só precisa do guia, que pode ser encontrado no clube alpino da cidade. Este é um programa muito popular e os guias sao credenciados e vao garantir sua segurança. Esta caminhada começa em 3900 m de altitude, até onde voce vai de teleférico. Saindo do teleférico voce vai descer caminhando até 3500 m para retomar a subida até os 4810 m  do cume do Mont Blanc. A caminhada é muito exigente e voce tem que estar em boa forma( correndo 20 km 3 vezes por semana sem grandes dificuldades já é um bom parâmetro). Voce vai descer pelo outro lado da montanha, sem usar o teleférico. Na caminhada de 2 dias voce vai dormir num abrigo na montanha, o que envolve custos extras e disponibilidade de vagas, o que no verão é bem difícil de conseguir.

COMIDA

Culinaria fabulosa para todos os bolsos e gostos.Profusao de restaurantes asiaticos de otima qualidade.
Sugestoes: Restaurante com musica francesa :Le Vieux Belleville (onde passarei o Reveillon amanha).Otima gastronomia com musicos que cantam a musica tradicional francesa e nos dao as letras para cantarmos juntos. 
Chez Louisette um pequeno bistro esse genero, alegre na Place d’Ouen.Diversos musicos se revesam. Nao e muito facil de encontrar pois fica proximo ao Mercado das Pulgas Saint Ouen/Clignancourt.Vale a pena.
Se preferir uma creperie com trigo sarraceno, sugiro na rue Saint Andre des Arts. 
Pode visitar o restaurante onde Napoleao fazia suas refeicoes.Um dos mais antigos de Paris, na galeria e frente.
Angeline um otimo chocolate quente com macarron de Pistache (para comer rezando…).
Le Relais d’EntreCote  em Montparnasse ou um cafe no Tradicional La Coupolle(a danceteria fechou).
 

Comer em Paris…….e no minimo:TUDO DE BOM!!!

Qualidade,variedade e disponibilidade para todos os bolsos.
Cozinha francesa e internacional.Dd todas as partes do mundo.
Comida francesa deliciosa :ma Bourgone na place des Vosges.
Le train Bleu a gare de Lyon;lindo!comida maravilhosa.Decoração belisssima!vale uma visita mesmo que seja so para bater fotos.

Auers sur Oise- ode Va Gogh passou os seus dois ultimos meses de vida.Vale uma refeição na pensão Ravoux onde ele costumava morar.

Vale notar que estas cidades pequenas só reabrem totalmente após diz 15 de janeiro.
 

Seguindo as sugestões de restaurantes estou citando apenas alguns dos meus preferidos pois e impossível enumera-los.

Para os amantes de Fondue tem o Le Chalet Savoyard , rue Garonne,58.
Metro Garonne.Excelente! Um fondue com vinho fica na faixa de 30 euros.
Le Relais de l’entrecote e outro delicioso.Boulevard Montparnasse,122. Também nessa faixa de 25 a 30 euros.
Clous  de Paris come-se um file com fritas por 14 euros.Delicioso!
Nesta época de festas de final de ano tem as feiras com barracas de comidas típicas deliciosas. Na feira das Tulherias  foi espetacular com uma profusão de queijos  e salames de diversas regiões da France. Essas feiras são muito organizadas com áreas fechadas e cobertas com mesas e cadeiras confortáveis. Com preços super acessíveis .
No Quartier Latin temos uma variedade grande de restaurantes franceses, gregos. E bom ter atenção pois atendem com muita cortesia ate você sentar e depois muitos mudam completamente de atitude .Alguns ate com serviços que deixam a desejar. 
Sem falar que em cada quarteirão tem no mínimo cinco cafés/ restaurantes em que e uma delicia sentar para comer um croissant com chocolate quente ou um capuccino e ficar horas sentado assistindo esse movimento incessante de pessoas. Pedir um prato de “charcuterie” com uma taça de vinho e ver a banda passar…..não tem preço.
Vale dar uma olhada no Pariscope sempre tem a programação cultural do momento.

QUANDO IR

Sempre! Nos meses de julho e agosto faz muito calor,as vezes fica desagradável.Os parisienses saem de ferias.Melhor repensar. O restante do ano e sempre bom.

VIDA NOTURNA

Vida noturna intensa.Para os amantes de jazz ha uma grande variedade.Cito pelo menos o Caveau de la Huchette.Rue de la Huchette no Quartier Latin.Delicioso.Bom para dançar.

Música francesa de Piaff e acordeon temos o Vieuw Bellevile , rue des Envierges, 12

Au Lapain Agille em Montmartre.

PASSEIOS DE 1 OU 2 DIAS

Escapadas de Paris: bate/volta:
Chartres,Versailles,Chantilly 48 km
 
Provins , cidade medieval a 80 km de Pais.Tem o albergue mais antigo da France. Gare du Nord
 
 
Reims ,capital do champagne.Torna-se mais pratico pegar uma excursao.
 
 
Lyon: a terceira maior cidade da France ,considerada a capital gastronômica do pais. Onde foi editado o primeiro livro em frances.Foi considerada a capital comercial da seda e o maior centro de comercializacao da seda.Onde se encontram os rios Saone e o Rhone.
E possivel ir somente passar o dia, saindo de Paris no TGV , Gare de Lyon, mas pela sus importancia e riqueza cultural merece no minimo 3 dias de visitação.Tem um ônibus tipo hop on hop off que faz um belo giro e também e muito facil locomover se de metro e ou de tram.Próximo a Gare tem o Marche ,carinhosamente batizado de Paul Bocuse, por ser ele desta regiao e ter aqui um restaurante condecorado diversas vezes com 2 e 3 estrelas Michelin. Nesse mercado há uma infinidade de restaurantes e lojas para se comprar delicias!

INDO DO AEROPORTO PARA CIDADE

Charles de Gaulle tem um onibus direto que vai ate a Gare Montparnasse.Se estiver sozinho vale a pena.Em mais pessoas vale pegar um taxi.Quem estiver sem bagagem pode pegar o trem no aeroporto ate a Gare du Nord.

CAMBIO

Nos aeroportos e hotéis.

2.908 Comentários